Giselle Bolseira

Todo semestre eu escolho uma bolsa pra bater, coloco mil livros pesados dentro, caderno, estojo, sombrinha, maquiagem… Uma vida portátil.

Para o primeiro semestre de 2014 a escolhida foi essa Zara tote, só que preta. Usei muito mesmo e agora uso de vez em quando, se sei que vou ter que carregar muita coisa no dia, porque ela é enorme. Uma desvantagem é que ela não tem repartições, tem apenas um saco de algodão interno com um zíper. Acompanha alça.

zara bag olivia palermo

Para o segundo semestre de 2014, escolhi uma bolsa menor (Zara também) pra ter uma opção de quando preciso levar menos coisas. Essa tem duas repartições internas e lugar para óculos e celular. É incrível como esse combo azul+branco vai com tudo! Acompanha alça.

zara bag

Como estava na França antes do segundo semestre de 2013 começar, comprei a Le Pliage Planètes da Longchamp, pra ter uma opção mais esportiva (essa ainda uso bastante!):

le pliage

Minha amiga Leila foi morar na Inglaterra e estava vendendo a coleção de bolsas Kipling que ela tinha. Então nesse segundo semestre de 2014 fiquei com essa cinza, uma outra opção mais esportiva, aqui ela com a bolsa:

macarronp.s. Essa foto é de julho de 2011, ou o mês que eu estraguei minha franja. Super híper curta, mas não de um jeito bom – demorou pra crescer. Estávamos experimentando o macarron do McCafé. Esse suéter, que desastre, usei só essa vez e doei depois. Quentinho, mas engorda uns 8kg!

E para o primeiro semestre de 2015, a bolsa escolhida foi a Zara Office Citybag, em marinho:

ZARA office citybag

Linda, profissional, grande, com milhões de divisões e acompanha alça.

O que me faz pensar: tenho bolsas o suficiente! Meta: não comprar nenhuma outra bolsa em 2015!