Hoje eu sou grata por isso.

virginia

– Virginia Woolf, A Room of One’s Own

Esses dias, a incrível Marina W. postou isso:

marinaw_blowg

E eu fiquei pensando nisso. De como hoje, aos 35 anos, mulher adulta, madura, dentro de minhas faculdades mentais e incrível sarcasmo, eu daria risada na cara de muita gente que me fez ou falou coisas desagradáveis.

Do meu prévio casamento, de prévios empregos, de prévias amizades – a mulher de hoje lida com as coisas de um jeito muito diferente, mais prático. Nada como um ano após o outro, pescando luz caída com paciência (já dizia Pablo Neruda), pra trazer mais clareza nessa vida.

Então de certa forma sou grata por todas essas pessoas desagradáveis, elas também me trouxeram até aqui, hoje.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s