a vida

Tenho mais uma semana. Uma semana antes das aulas voltarem, voltar a trabalhar, conhecer gente nova, alunos novos, colegas novos. Eu não sabia a falta que Hogwarts ia fazer até sexta retrasada quando voltei pra pegar minha carteira de trabalho. Hogwarts foi minha casa por 3 anos.

A firma nova é menor. Funciona diferente. Essa fase de adaptação pra mim é o pior – não sou do tipo que chama as pessoas pra almoçar, etc. Na verdade, eu sou bastante anti-sociável. Prefiro pegar um livro e ler, essa fase de conhecer as pessoas é terrível pra mim. Prefiro conhecer as pessoas pela convivência. Falando nisso, estou lendo The Great Gatsby de novo. Ano sim, ano não, igual Mrs. Dalloway. Claro que por causa do Baz Luhrmann.

Tanto Strasbourg quanto Paris me surpreenderam. Igual New York City – foi exatamente do jeito que achei que ia ser. Nem o cheiro de xixi nas ruas de Paris me incomodou. E Strasbourg, moraria lá pra sempre. Franceses nos levaram pra jantar, tomei muita cerveja da Alsácia, adorei ficar no Hilton, andar de TRAM, ouvir/falar francês.

DSC05498A primeira em território francês, depois de 12hs de vôo. Marido foi me buscar de carro.

DSC05785Na fila do Louvre no 14 juillet: entrada grátis.

DSC05809Louvre: La Joconde

DSC05723Catedral de Notre Dame de Paris. Gostei mais da Catedral de Notre Dame de Strasbourg.

DSC05552Cerveja em frente à Catedral de Notre Dame de Strasbourg.

DSC05965Apreciando os vitrais da linda Galeries Lafayette.

DSC06031DSC06029Tomando cerveja perto da La Tour Eiffel.

E nessa semana que antecede o começo de semestre sempre acho que o tempo passou muito rápido, pra onde foram todas as tardes? Como a viagem passou tão rápido? Meu aniversário já está aí. Do marido foi ontem, acordei e fiz um fudge cake. E no sábado fomos ouvir a Orquestra Sinfônica de SJC no parque, no meio das árvores, tava muito frio. E bom.

A vontade é de sair correndo. Vontade de fazer outra(s) coisas. Estudar Direito, por exemplo.

A cidade é fria, bicho. Desde que cheguei foram poucas as tardes ensolaradas que eu havia me acostumado em Campinas. Não é friozinho, é frio mesmo. Final de semana retrasado descemos de ímpeto pro litoral norte, acabamos almoçando beira-mar no festival do camarão. Daí pegamos um pouquinho de sol.

A boa notícia é que se eu comprar uma bike, dá pra ir trabalhar pedalando. A firma nova fica muito perto. Também não trabalho mais aos sábados, muito menos todos os dias até as 22:00.

Anúncios

5 comentários sobre “a vida

  1. Madoka disse:

    tão legal tudo que vc escreve. ah, você tá linda!! É, assim como vc dá vontade de sair correndo e estudar artes plásticas,rs…ou montar uma livraria. Calor infernal que tá fazendo aqui menina. bjs

  2. scrap4you disse:

    Oi Gi…tudo bem? Aqui está tudo em paz! Mas frio! Passei na prova do FCE, muito obrigada…as aulas foram fundamentais! Como devo começar a pós em agosto, acho que esse semestre nao farei aula na Cultura…má sentirei saudades! AH! Nao se esqueça você é excelente professora, senti muitas saudades das suas aulas! Boa sorte na sua nova jornada!

    Bj

    Ciça

    Enviado via iPad

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s