filme do ano: Black Swan

Assisti ontem. O mundo vai ser realmente injusto se a Natalie Portman não ganhar o Oscar de melhor atriz, ela se entrega ao papel de maneira tão crível que dá arrepios. É um filme sobre dualidade e perfeição. Eu gosto muito de dança e essas histórias de ballet são sempre trágicas e viscerais, de alguma forma (e é claro que por razões puramente egoístas o GISELLE é o meu preferido).

Natalie está noiva de Benjamin Millepied, o primeiro bailarino de Nova-Iorque, que a treinou para o filme – e esperam um bebê.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s