a verdade é que

sem-titulo.jpg

Não era para ser um hiato no blog. Mas como ainda estou sem internet e realmente detesto essas lan houses, não dá para atualizar muito. Cortei o cabelo. E fiz uma franja igualzinha à essa da Liz Taylor em Cleópatra, que assisti um trecho ontem com a minha mãe. Poderosa. E fico andando com um pente na mão, porque essa franja arredondada dá trabalho. Perdi meu celular em um showzinho de punk rock final de semana passado. Abstraí. A noite foi ótima, até encontrei meu amigo Hans.

Final de semana retrasado fomos ver Almas Maculadas (The Tarnished Angels) do Douglas Sirk, no cinema, olha só. E o coordenador do projeto falou umas coisas sobre o melodrama que fiquei uau. Como o uso da opacicidade, do uso de espelhos e vidraças – porque distorcem. E eu achava que esses recursos eram usados só pra dar textura aos filmes p&b. E é claro que eu lembrei da minha querida Sylvia Plath,que é meio que a minha voz da consciência; naquela poesia em que ela chama o espelho, as velas e a lua de mentirosas, porque nos distorcem. E o jogo de câmera que o Sirk faz é sublime, como naquela cena em que a personagem da Dorothy Malone meio que se joga no sofá e a câmera acompanha o movimento curvilíneo do corpo dela. E de lá fomos jogar sinuca.

Esse final de semana vai rolar um filme do Fassbinder, aquele cineasta alemão,  pra fazer uma colagem com o trabalho do D. Sirk. Quero muito ir. E depois tem show do Matanza. Te vejo lá?

7 comentários sobre “a verdade é que

  1. Lucas Barbi disse:

    Desculpe a intromissão,
    cai aqui por acaso, procurando uma receita de panqueca, e acabei ficando (também, o segundo post que li foi sobre o livro do salinger…)

    bem, só queria mesmo dizer que se você curtiu o formalismo do Sirk, talvez devesse ver os primeiros filmes do Carax – Boy Meets Girl ou Mauvais Sang. Coloquei um plano do Boys Meets.. no meu fotolog, é realmente genial: http://www.fotolog.com/caju666

    bjs,

    Lucas
    http://www.flickr.com/people/ldbarbi/

    resposta:
    Obrigada pela dica Lucas. Muito raro alguém que se interessa pelo D. Sirk e ainda pode dar uma outra sugestão legal de filme que ainda não vi.

Deixe uma resposta para samdrade Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s