2007

proenza-schouler-noir-double-breated-wool-coat-coco-rocha.jpg

Esse ano aconteceu umas coisas ótimas. Como minha carteira de habilitação japonesa. E eu nem sabia dirigir. Agora não vejo minha vida sem carro. E ter comprado o meu carro. Porque aquele que eu usava junto com o Ale não era bem meu. Tá, eu ajudei a pagar, mas nunca senti que era meu. E o meu carro é fofo. E eu blá pro aquecimento global nesse momento. Porque já encarei neve, chuva, sol ardido e tufão de bicicleta e mereço meu carro e tudo mais. Agora fico querendo enfeitar o carro como as japonesas fazem. Com almofadas e odorizadores em vidros que parecem de perfume, usar uma pashmina gigante pra cobrir as pernas no frio e ter um daqueles copos térmicos da Thermos de aço inoxidável, que eu já tinha visto naquele filme com a Bridget Moynahan e pensei: ah, quando eu tiver meu carro eu quero um desse pra tomar café no semáforo parado.

E não troquei de emprego esse ano, coisa que sempre faço. Não que eu GOSTE do meu emprego de peão de fábrica de auto-peças, veja. Mas porque aqui no Japão estabilidade no emprego é estabilidade financeira e eu preciso disso pra poder seguir minha vida fora daqui e fazer aquela faculdade. No Japão inteiro as mulheres ganham 30% a menos do que os homens, não interessa se é o mesmo trabalho. É quase como estar na Idade Média, tô te falando. Mas nessa fábrica o salário é igual pra todo mundo. Mas nem fico “Nossa, que ótimo” com isso. Porque isso é como deveria ser, não é pra achar especial.

Esse ano eu consegui emagrecer 7kg. Mais uns 7kg o ano que vem e me dou por satisfeita. Ainda não consegui superar minha compulsão por doces, mas peguei gosto por exercícios aeróbicos. Ainda falta beber mais água, mas já como salada no almoço e na janta, um pratão de salada colorida – coisa que eu fazia só quando dava vontade.

Surtadas sérias: nenhuma. Surtadas leves: umas 10. Nível de stress diário: 3. Ao contrário de 2006, nem dei de louca esse ano. É aquela pose de yoga fazendo efeito?

Não aprendi a falar francês nem espanhol. Nem aqueles livros didáticos de francês e espanhol eu comprei. Mas todo filme francês que passa naquele canal de cinema estrangeiro/independente eu assisto, mesmo com a legenda em japonês. Porque eu acredito na familiarização da língua, acho importante pro ouvido. Isso vindo de uma pessoa que aprendeu inglês sozinha. E eu já devo ter falado como me chateia. Isso de saber falar muito mais coisas em japonês do que em francês, só por morar aqui.

Livros nem acho que li muitos. Esse ano os livros da Anne Rice ocuparam bastante a minha imaginação. Ano que vem vou voltar para os clássicos que nunca li em inglês: Dickens, Mark Twain, James Joyce. Ouvi muito Cat Power esse ano. Praticamente nem saiu do play, ela. Cozinhei só coisas doces esse ano (pra mim a única coisa que realmente vale a pena perder tempo cozinhando) e agora estou lendo o primeiro livro do Richard Olney, o The French Menu Cookbook – que caso você não saiba, foi o livro responsável por Chefs em todos os lugares a começarem a cozinhar usando os produtos disponíveis em cada uma das estações para compor seus pratos, inclusive a influente Alice Waters; que faz questão não só de usar produtos frescos da estação como também produtos que são locais (e nós começamos a fazer compras em uma cooperativa, onde os produtos são frescos e baratos e ainda apoiamos os agricultores locais). O que hoje é meio óbvio, tipo agora morango é a fruta da estação aqui então morango é introduzido em muitos pratos e sobremesas em vez de, pêssego, por exemplo, que aqui a época é em agosto; esse conceito em 1970, quando o livro foi lançado, foi realmente algo. E demorei pra descobrir o mundo da literatura gastronômica mas agora não olho pra trás.

Boas festas, não dirijam se beber e comam bastante panetone. A gente se vê o ano que vem.

Pausa pro choque. Meu 2007 acabou de ficar pior. A Mary W. acabou o blog. Ela que é mãe do feminismo e avó do Frankestein. Fiquei 1 semana sem entrar na internet por conta do trabalho e da vida e o A Feminista acabou de vez. Por causa da polêmica dos posts copiados e tal, acho. Júlia, eu queria te dizer que o seu blog foi uma das melhores coisas na minha vida esse ano, como eu acho que você enriquece o que o povo chama de blogosfera – e pra quem eu vou perguntar se blogosfera, afinal, é lugar ou não-lugar? Eu queria saber o que você achou da morte da Benazir Bhutto. Porque o Ale me deu um daqueles speeches de como eu não sabia quem ela era e tal. Porque eu deveria me interessar mais, porque sou feminista e a inclusão de uma mulher na política de um país muçulmano deveria me interessar. Mas eu nem sabia. Tipo, nem sinto a repercussão. Igual quando eu disse à ele, o ano passado, que eu nunca tinha visto Thelma&Louise. Ele que acha que eu sou uma feminista meio relapsa e tal. Mas enfim, nem sei se você vai ler isso. Mas se você voltar a escrever em outra URL super me avisa, hein?
* a foto acima é de uma modelo que eu acompanhei com interesse esse ano, a Coco Rocha; no editorial Paris Je T’aime fotografado pelo Steven Meisel para a Vogue de setembro de 2007.
Anúncios

10 comentários sobre “2007

  1. madoka otsuka disse:

    Menina! que fábrica é essa que todos ganham o mesmo salário? Tomara que vc aguente firme aí na tal fábrica pra poder ir no país tal…
    parece q tem facilidade com línguas, mas porque te chateia falar japonês, não entendi??? Acho que os ideogramas são uma coisa, quero aprender…
    Quero conhecer a tal da Cat Power…
    abraços
    Madoka

    resposta:
    Pois é. O meu lado guerreira tá firme pra continuar, mas tem o outro lado que sempre diz “menina, o que você ainda tá fazendo aqui?”. Me chateia saber falar MAIS japonês DO QUE francês, isso me chateia. Porque francês é a língua que eu amo e japonês eu só falo por motivos circunstanciais, se eu não morasse aqui nunca me interessaria em aprender, sabe? Mas ouve a CatPower sim.
    Um abraço.

  2. Vanessa disse:

    Olá, vim aqui pra dizer que esse blog foi uma das boas surpresas que encontrei na net este ano. Quero te agradecer por compartilhar conosco suas idéais e pensamentos, eu babo no que você escreve. Bom fim de ano. Bjs!

    resposta:
    Dna. Cicarelli, muito obrigada. indo de você me sinto muito lisonjeada. Beijo!

  3. Drica disse:

    Oi, Giu!
    Ain, no creo, encerraste tua conta fotolog…de novo, méo?? puxa, gosto tanto das sua fotos. tsum! =/
    eu li o que consegui do seu blog, ai, como vc é chic, né? qdo vc fazer aquele curso naquele país abre um restaurante, tá? e me convida pra inauguração, tá?
    Bem, bem… boas comilanças pra vc e pro Alê nessa festas…
    Beijos, querida!

    resposta:
    You know the drill, Drew: cria conta, encerra conta, cria conta de novo, encerra de novo,hahaha. Feliz comilançaspra você Dna. Drica! Vai viajar esse fim? Beijo grandão!

  4. Drica disse:

    aliás, não posso deixar de comentar… que foto perfect do norman, meo. ai, sabe… tou ficando meio tiazinha e queria um tiozinho assim, sabe? bem norman. (*suspiro*)

    rs…

    bjoooo!

    resposta:
    Sabia que cê ia gostar, nega. Beijo da tiazinha aqui!

  5. Abul-Fadl Nadr al-Atrabulusi disse:

    aproveitando este post — que até tem um título que serve o propósito — para te desejar um bom ano de 2008. Boas entradas (de preferência sóbria 😛 ). 🙂

    resposta:
    Pra você o mesmo, Pedro. Bom 2008 e tudo o mais. Mas vamos combinar que sobriedade é prometer demais!

    Um abraço!

  6. Fábio disse:

    Giselle, imagino que você já tenha encontrado esse cd da Cat Power novo pra ouvir, mas se não conseguiu, saiba que já existe por aí para baixar, procura em blogs que rola.

    Vale te dizer que o disco é muito bom, mas muito bom mesmo. Eu gostava do Covers Record, não curtia muito a sonoridade do Greatest, mas esse tá beeeeeeeeem legal. BAIXE!!! 🙂

    Beijo e até mais

    resposta:
    Obrigada pela dica, Fábio! Mas acho que vou esperar até o mês que vem. Eu também gostei do COvers Record, achei que ela fez umas coisas geniais e mal espero pra ouvir o Jukebox.
    Um beijo!

  7. Isabella disse:

    giuuuuuuu que saudade loca!!!
    esse vídeo é pra você: http://www.youtube.com/watch?v=1g_I_yf2mS0
    ele é o ex-marido da cat power, agora casado com a fabulosa Joanna Newsom.

    é isso aí, think globally, buy locally! que bom ouvir que você optou pela cooperativa (sabia que eu trabalho em uma há anos já?). go girl! put your money where your heart is.
    beijos!
    Isabella-

    resposta:
    Ai, Isa eu adoro o Smog, arigatou gozaimasu! E fala que o cara só pega mina talentosa, né? E aquele negócio de comemorar 2 meses de namoro. Me lembrou de uma coisa que a finada avó da Drica disse uma vez a ela, de que pra conhecer uma pessoa vocês têm que dividir um saco de sal (de 5kg!). Nunca me esqueci disso, por algum motivo bizarro. Ano que vem vou pra 9 anos, fia. Igual qdo entro em blogs da vida e vejo o povo “nossa, fiz 25/26 anos. estou me sentindo velha e bla bla bla”. meio que dá no meu saco essas coisas. Mas enfim, volte mais pra prosear, já que agora nao dá pra eu comentar lá no fotolog e tal.
    Beijos grandes!

  8. melodyfairy disse:

    Hmm parece ter sido um ano bom! Que bacana! ^^
    Eu voltei aqui pro Nihon, já tenho isso como saldo positivo do ano! =)
    E literatura gastronômica? hmmm… Interessante! Por enquanto, meu conhecimento disso se resume a um caderno de receitas da minha vó, com a caligrafia linda dela e receitas da época da Ofélia! XD hahahaha! Mas também gosto de cozinhar doces! O que faço de pratos salgados são tão triviais que nem se pode considerar culinária!
    Ótima virada de ano pra ti!! ^^ E que 2008 seja ainda melhor!

    resposta:
    Ah, mas esse livro de receitas da sua avó vale mais que qualquer livro de gastronomia, hein? Troco fácil. Alias, MAMI, se você estiver lendo, aquele seu caderno é meu, tá?
    Que 2008 seja maravilhoso, a gente merece.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s