carrie bradshaw & flashdance

flasdance-sex-and-the-city.jpg

Não é segredo algum que eu adoro Flashdance, o filme mais influente na moda em se tratando de anos 80. Até a Carrie Bradshaw já deu uma de Jennifer Beals em Flashdance tipo o motivo pelo qual moletons cinzas são bacanas (foto acima). E essa temporada, a 4ª, foi a que eu mais gostei mesmo. E parece que o filme de Sex and the City foi desengavetado – de novo; vê-las no café da manhã ou brunch, bebericando martinis… Eles poderiam servir martinis (shaken, not stirred, haha) no cinema no dia da estréia, aí eu poderia ter uma desculpa pra usar uma saia tutu cor-de-rosa ou uma coisa bem Viktor&Rolf mesmo.

E hoje eu fiz a segunda prova escrita de legislação japonesa de trânsito. Passei. Agora é só fazer umas aulas na rua, fazer a prova final e adeus meus dias de tomar latte no trem.

UPDATE (18 julho, quarta): gente, o que foi aquele avião em Congonhas? Especialistas estão dizendo que a pista é muito curta. Medo. E na BBC só estão falando disso.

Anúncios

7 comentários sobre “carrie bradshaw & flashdance

  1. Drica disse:

    ÊÊÊÊÊÊÊÊÊ!!! Q bacana, hem?? Olha, depois que passar nessa última prova, que você irá tirar de letra ;), tem de ter a tal foto com o seu carrão e você cantando Devo!! [é Devo? Ah… algo assim!] Yeah!
    Você recebeu meu e-mail? Te mandei duas músicas, bem ímpares entre si, da Regina.
    Beijos!

    resposta:
    É, na hora eu me imaginei coma janela aberta, um calor, ouvindo Devo. Mas eu tenho certeza que quem vai estrear o som do carro é… SLEATER-KINNEY! (Ah, achou que eu ia falar Chan, né?).

  2. Marcita disse:

    esse acidente em congonhas foi horrível mesmo… e congonhas é tão perto… fico pensando que eu poderia estar lá… ai, eu hein! que horror!

    resposta:
    que a gente se livre de maus vôos e aeroportos, Marcita!

  3. Marcita disse:

    ah, e eu li sobre um terremoto feio aí no Japão e depois de ler seu texto sobre o primeiro terremoto que vc passou por aí, fico assustada com eles… aiai Giu… eu não teria coragem de morar em prédio não! hehe

    resposta:
    Mas é aquilo Marcita, a gente se acostuma com tudo nessa vida (ai, que horror isso). Até morar em prédio em lugar que dá terremoto.

  4. Andrea Azevedo disse:

    Giselle, esse acidente em Congonhas foi uma das coisas mais tristes que vi nesses últimos tempos. Me lembrou o 11/09, em diferentes proporções…entre no meu blog e veja meu desabafo no artigo “O lado preto do preto”. (www.andreaazevedo.com.br/blog).

    Um abç!

    resposta:
    Não sei se posso dizer o mesmo Andrea, que foi pra mim uma das coisas mais tristes que vi ultimamente. Mas esse tipo de acidente sempre me choca.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s