holden, salve-me destes livros.

Parece que as pessoas que me cercam só lêem livros de auto-ajuda com uns títulos absurdos e livros espíritas. Você gosta, ótimo, mas não faça aquela cara de esse-livro-salvou-minha-vida e empurre o livro para eu ler. Aliás, ultimamente, pessoas têm me oferecido livros que mudaram suas vidas e me garantem: sua vida vai mudar. Olhe, não é por nada não pessoa, mas o livro (ou um dos livros) que mudou minha vida não foi de nenhum guru e certamente não foi psicografado, obrigada.

O Apanhador no Campo de Centeio do J.D. Salinger. Um dos livros que mudaram minha vida, assim como Franny&Zooey, do mesmo autor. O mais perto que eu vi o Holden em um personagem de cinema foi em Igby Goes Down; não que eu queira ver um filme do livro – god forbid. O livro começa com Holden Caulfield, o protagonista, em um hospital psiquiátrico – embora não seja falado, mas para bom leitor, bem, você sabe. E Holden nos contas os últimos 3 dias de sua vida antes de ele ser internado. O livro é meio na linha do Joyce, é contado em primeira pessoa, como se as frases estivessem saindo da cabeça do protagonista, uma coisa BEM Finnegans Wake (comentei sobre esse livro uns posts atrás). Acho que o livro tem mais importância para mim porque eu o li antes dos 19 e acho que eu estava in a Holden Caulfield frame of mind, pode-se dizer. É um livro controverso, Mark Chapman, o assassino de John Lennon dos Beatles, leu o livro e decidiu matar Lennon.

Como escreveu Marco Antônio Bart, do Scream&Yell :

É bastante possível que você nunca tenha lido O Apanhador. No entanto, se você tem um mínimo de “antenidade” com o mundo que o cerca, muito provavelmente já leu ou ouviu alguma alusão ao livro no cinema, em jornal, revistas ou em outros livros. O fato é que este singelo romance de 1951 virou lenda ao longo dos anos, e fez de seu autor, Jerome David Salinger, um dos maiores mistérios da história recente da literatura. A pequena revolução que O Apanhador causou no comportamento da juventude americana – e por tabela, no comportamento da juventude do mundo todo – ecooa até hoje, fazendo parte da cultura da segunda metade de nosso corrente século.”

É isso. Se você se interessou leia mais aqui.

200px-lennonandono.jpg

Falando em Lennon, na manhã do dia em que ele morreu, a fotógrafa Annie Leibovitz (aquela fotógrafa que comentei no post “Alice, Matrix e Donnie Darko”) fez uma foto linda do mesmo, nu, com a Yoko Ono, que acabou na capa da Rolling Stone, na qual ela era chief-photographer. Ela manteve um longo relacionamento com a ensaísta e inteligentíssima Susan Sontag (Styles of Radical Will é um de meus livros favoritos dela, que ganhei do Ale junto com uns livros da Anne Rice e da Nigella Lawson) – mentes criativas e inteligentes se atraem.

Anúncios

5 comentários sobre “holden, salve-me destes livros.

  1. iso6400 disse:

    Será que cada idade tem os seus livros específicos? Apanhador… está na caixinha ‘minha adolescencia’ também.

    Acabei de mudar de casa. Um dos livrinhos que vendi, para abrir espaço, foi “At Home in the World: A Memoir”.
    Fala sobre a vida íntima do Salinger com a autora, Joyce Maynard. Nunca mais consegui reler Catcher in the Rye depois disso. Se for verdade o que esta senhora escreveu, Salinger é um quase-pedofilo, misógino, pão-duro e xarope…

    Mas não vendi o Apanhador… O texto é sempre melhor que o autor, aparentemente…

    resposta:
    Demorou pra mim distanciar obra de autor. Por conta disso demorei séculos pra ler The Picture of Dorian Gray do Wilde. Hoje, de boa. E concordo, o texto é sempre melhor que o autor.

  2. sandra terezinha disse:

    ADOREI E MUITO GOSTOSO E LEVE ASSUNTOS VARIADOS E A GENTE ENTRA E CURTE MUITO LER OS ARTIGOS PARABENS

    resposta:
    Ai Sandra, e tá que alguém tá me pagando pra escrever em uma Marie Claire da vida, né?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s